domingo, 24 de julho de 2011

Reportagem Jornal Hoje - "ressuscitando o pãozinho"

Vi essa reportagem outro dia no Jornal Hoje, nela encontramos dicas de como utilizar "aquele pãozinho dormido, amanhecido, duro ou mesmo VELHO".
Vale a pena dar uma olhada:

http://g1.globo.com/jornal-hoje/

sábado, 23 de julho de 2011

BACON - sequinho, sem gordura e sem trabalho!!! OBA!!!

Eu adoro BACON.. apesar do alto colesterol que já falei por aqui, mas não é td dia né gente. De vez em quando "PODE".

A ideia do bacon sem fumaça é mt legal - já fiz várias vezes, pra quem não conhece vamos a ela: 
Para poupar trabalho e tempo pode se fazer o bacon no microondas.Emmbrulhe as tirinhas enfileiradas em papel toalha, uma folha por baixo e outra por cima e deixe por aproximadamente 1 minuto em potência alta. Verifique quando tiver em 30 segundos para evitar que fiquem estorricados.Ficam bem crocantes e gostosos.


Algumas outras boas dicas:

1. Para evitar que as fatias de bacon grudem umas nas outras, antes de guardar no refrigerador, enrole o pacote como um cilindro e prenda com um elástico.

2. Para que os torresmos de bacon fiquem macios e saborosos, respingue cachaça quando estiverem dourando.

3. Fure as fatias de bacon com um garfo. Assim elas não encolherão muito.

4. Antes de fritar o bacon, passe as fatias no leite e em seguida na farinha de trigo. Isso evitará que espirre gordura e o bacon não encolherá muito.

sexta-feira, 22 de julho de 2011

Terapia do Riso... vamos tentar?

Achei essa matéria mt interessante, estou seriamente propensa a fazer!



A Terapia do Riso é uma técnica terapêutica de sutilização, pois ela possibilita o resgate do nosso otimismo, do bom astral, do bom-humor, enfim, do estar de bem com a vida; um estado natural da nossa criança interna, um ser absolutamente espontâneo e sutil.
Assim, a Terapia do Riso tem como propósito essencial facilitar o Resgate da Alma, uma parte absolutamente sutil de nosso Ser. Uma pessoa desanimada está sem anima (Alma). Uma pessoa mau-humorada está densa e desidentificada da sua alma, da leveza, da inspiração.
Segundo Buda, o sorriso começa na alma e o primeiro ponto onde ela toma forma no corpo físico é nos olhos, reconhecidamente as grandes janelas da alma. Então, o otimismo começa nos olhos, mas quando ele chega a ser percebido nos olhos, todo o corpo físico já está sentindo a sua unidade com a alma. Olhos, face e corpo começam a irradiar um brilho, uma luz.
Mas, o bom astral não é apenas um estado de alma, é também uma oportunidade de perceber, sentir e pensar a vida como ela é. Como ela se apresenta ou magnetiza. Cada desafio passa a ser percebido como uma oportunidade para transformar, superar, crescer.
Esta é a grande alquimia da vida: transformar desafios em superação, sublimação.
O poder de cura do riso envolve a conquista de maior autoconfiança e poder de comando da própria vida.
O rir é a forma mais simples que conheço para resgatar o ânimo, a energia pessoal e de nos fazer enxergar o lado positivo, muitas vezes cômico, divertido, hilário, patético, de todas as brigas que temos conosco e com o mundo.
Mas, precisamos estar alerta de não transformar, ou entender a Terapia do Riso como uma panacéia milagrosa, mas afirmar que o riso e o gargalhar constituem um excelente presente da natureza, que na sua prática por 05, 10, 30 minutos diários, desencadeia a produção de substâncias que tanto beneficiam a saúde do corpo físico quanto a alma e o espírito.
Do ponto de vista psicológico, podemos dizer com Gérard Jugnot que o riso é como um limpador de pára-brisa; ele nos permite rodar em frente, chegar em nosso destino, mesmo diante da chuva ou temporal. Não há nada melhor que um filme ou espetáculo humorístico, uma seção de piadas e gargalhadas para retomarmos o fôlego quando a tristeza ou o mau humor nos ataca.
Não se trata de negar as feridas da vida, mas de sobreviver a elas. Como declarou o Dr. Christian Tal Schaller, "a emoção é uma energia que precisa se manifestar no físico através de gritos, choros, danças, risos ou... de uma doença". A Terapia do Riso sugere optar pelo riso do que esperar pela doença.

Aprendendo a Rir
Aprender a rir significa também aprender a curar-se de forma alegre e divertida, de todas as limitações: da falta de confiança, das inseguranças, dos medos, da ansiedade, do estresse, da tristeza, dos estados depressivos e da baixa auto-estima.
E sentir-se cada vez mais criativo, valioso e com força interior, para criar em sua vida o tudo de bom. E, sentir-se cada vez menos ansioso, confiando mais na fluidez da vida, na força do seu semear.
No ato de rir, são ativadas em nosso cérebro, a produção e liberação no sangue de umas substâncias hormonais chamadas endorfinas, que têm o poder de construir uma sensação de bem estar, otimismo, alegria, euforia e felicidade.
Conclusão: Decida-se por assumir a responsabilidade pelas suas percepções, sentimentos e pensamentos; pelo seu poder e alquimia da felicidade e paz internas.
Rir e gargalhar por 05, 10 e até 30 minutos por dia, pela manhã, na frente do espelho ou da melhor forma que você encontrar.
Ou, então, marque grupos de encontro semanal com seus amigos, familiares, colegas de trabalho, enfim ... Comece a comandar a sua alquimia de sutilização e transformação.


Fonte: http://somostodosum.ig.com.br/conteudo/conteudo.asp?id=5317

quinta-feira, 21 de julho de 2011

Aprendendo a colocar os pronomes - Estudando Português...

Achei essa matéria mt legal no site da FOLHA, lá tem mts outras dicas, vale a pena conferir.



Eu sei que vou te amar, eu sei que vou
amar-te ou eu sei que te vou amar? Você sabe colocar os pronomes corretamente?
 

DÍLSON CATARINO *
especial para o Fovest Online

"Eu sei que vou te amar / Por toda minha vida / Eu vou te amar / Em cada despedida / Eu vou te amar / Desesperadamente / Eu sei que vou te amar / E cada verso meu será / Pra te dizer / Que eu sei que vou te amar / Por toda minha vida..."(Tom Jobim – Vinícius de Moraes)

Belíssimos versos. Perfeitos em melodia, em emoções. Jobim e Vinícius usaram as palavras para formar um conjunto harmônico com suavidade e sonoridade irrepreensíveis, mas com erros, segundo a gramática normativa.

Quando se escreve um poema ou uma poesia, não há necessidade de se preocupar com a gramática padrão; o artista tem direito à licença poética, que é a liberdade que toma o poeta, algumas vezes, de transgredir as normas da poética ou da gramática. É o que ocorre com esses versos: a colocação do pronome "te" é inadequada. Vejamos por quê:

Os pronomes oblíquos átonos (me, te, se, o, a, lhe, nos, vos, os, as, lhes) podem ser colocados em três lugares distintos na oração: antes, depois ou no meio do verbo. Para isso, as seguintes regras devem ser seguidas:

1) Colocação do pronome antes do verbo (Próclise): Na língua portuguesa culta só ocorrerá a próclise quando houver uma palavra atrativa antes do verbo. Veja quais são elas.

Certamente você está pensando "Caramba! Vou ter que memorizar tudo isso?" Na verdade, não, pois, no Brasil, a gramática moderna traz o seguinte: Usa-se próclise em qualquer circunstância, menos quando o pronome estiver no início do período. O uso da próclise, portanto, é permitido com ou sem palavra atrativa, a não ser no início do período. Por exemplo, uma frase sem elemento atrativo: "Ela dedicou-se aos filhos" ou "Ela se dedicou aos filhos".

2) Colocação do pronome no meio do verbo (Mesóclise): Na língua portuguesa culta só ocorrerá a mesóclise quando não houver palavra atrativa e o verbo estiver no futuro do presente (amanhã eu irei) ou no futuro do pretérito (se você fosse, eu também iria). Veja como usar.

3) Colocação do pronome depois do verbo (Ênclise): Na língua portuguesa culta só ocorrerá a ênclise quando não houver palavra atrativa nem o verbo estiver no futuro do presente ou no futuro do pretérito. Exemplo

Quando houver locução verbal (dois ou mais verbos, indicando apenas uma ação ou qualidade), existem as seguintes regras:

Se o verbo principal (o que indica a ação ou a qualidade) estiver no infinitivo (terminado em ar, er ou ir) ou no gerúndio (terminado em "ndo"), pode-se colocar o pronome ligado a este verbo ou ao outro, o denominado auxiliar. Se ele for colocado junto do principal, ocorrerá a ênclise; se for colocado junto do auxiliar, seguem-se as regras anteriores. Exemplo

Se o verbo principal estiver no particípio (terminado em "ado" ou "ido"), não se pode colocar o pronome junto dele, somente junto do auxiliar. Exemplo

Conclui-se, então, que o primeiro verso de Tom Jobim e Vinícius de Moraes, sem a licença poética, deveria ser assim escrito:

"Eu sei que te vou amar" ou "Eu sei que vou amar-te".

Ficaria "maravilhoso", não é mesmo?

Somente mais um detalhe: quando houver dupla atração, o pronome poderá ficar entre ambas ou após elas. Por exemplo: "Espero que se não aborreça comigo" ou "Espero que não se aborreça comigo".

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Como arrumar seu Armário!!

  • Boas ideias para dar um "up" no seu armário.....



     problema da roupa em excesso para o armário demasiado pequeno é uma realidade comum ao dia-a-dia de muitas mulheres! Com o tempo, vamos adquirindo cada vez mais peças, e não somos capazes de nos desfazer daquilo que já não usamos há demasiado tempo para nos lembrarmos quando!
  • Para resolver o problema, aquilo que a mini-saia te sugere é que comeces por escolher um dia da semana para a organização do armário - esta é uma tarefa que deverá demorar talvez cerca de duas horas, dependendo do volume de roupas que tens, pelo que será preferível fazê-lo ao fim-de-semana!
  • Começa por fazer uma selecção de peças, na qual deverás incluir:
  1. As roupas que já não usas há mais de um ano!
  2. Aquelas que não te ficam bem, porque, por exemplo, não te servem!
  3. As que, à custa de muito uso, se deterioraram!
  4. Aquelas que têm manchas que a lavandaria não conseguiu tirar!
  5. Aquelas que ainda têm a etiqueta, porque nunca foram usadas sequer!
  • Com esta selecção deverás fazer o seguinte: as peças velhas ou em mau estado deverão ser colocadas no lixo - não adianta estar a guardar coisas que nunca mais serão usadas, nem por ti, nem por ninguém!
  • Quanto às outras peças que ainda se encontram em bom estado -só deverás equacionar mantê-las no caso de estarem em excelente estado e te ficarem bem caso voltarem a servir!
  • Admite-se também o mantimento de uma ou outra peça com elevado valor sentimental! Contudo, se esta não for usada, deve ser guardada em caixas de arrumação, já que é um erro deixá-la a ocupar espaço no armário!
  • As restantes peças que sobrem podem ter um de dois fins: podem ser dadas a Instituições de Solidariedade Social , ou então podem ser o pretexto para um encontro de amigas!
  • A ideia do encontro de amigas significa a possibilidade de organizar com algumas das suas amigas um "café/chá de trocas" - cada uma leva, por hipótese, 5 ou 10 peças de roupa em bom estado que já não usa (ou que nunca sequer usou), e das quais se quer desfazer! Depois, só têm que trocar entre si - a ideia é que cada uma se desfaça das peças que levou, indo para casa com o mesmo número de peças, embora diferentes!
  • Esta é uma forma de renovar o armário sem gastar dinheiro, e deve ser feita com uma total abstracção dos preços, pelo que as etiquetas (caso existam) devem ser retiradas - a ideia é trocar as peças e escolher aquelas que realmente ficam bem, independentemente dos valores e das marcas!
  • Voltando à selecção de roupas, é ainda importante certificar-se se tem ou não alguma peça de roupa que necessita de ser reparada - um botão que precisa de ser colocado, uma bainha para coser, entre outras coisas - não adie essas tarefas, e arranje esses problemas, ou então entregue as peças a quem os possa resolver!
  • No que diz respeito à arrumação das peças que realmente interessam -comece por colocar na parte detrás do armário as roupas de Verão! Nada como separá-las, de modo a facilitar as coisas na hora de vestir!
  • Para isso recorra a caixas de arrumação, capazes de proteger a roupa e de conferir um ar muito mais arrumadinho ao seu armário!
  • Coloque a seguir as peças mais chiques, que usa apenas ocasionalmente, em situações especiais!
  • Estas também poderão ser colocadas em caixas de arrumaçãoespecíficas, conjuntamente com os acessórios que normalmente as acompanham - bolsas e alguma bijutaria, bem como os sapatos, por exemplo!

terça-feira, 19 de julho de 2011

Limpando os armários...DICAS PRÁTICAS .. espero ajudar!

DICAS PARA QUEM QUER DEIXAR A CASA AJEITADINHA.....

Se você planeja organizar seu guarda roupa a primeira coisa a fazer é limpá-lo. Para limpar a parte interna dos armários e gavetas o ideal é usar uma escova de dentes velha para tirar a sujeira dos cantos internos, se houver, em seguida a melhor maneira de limpar a sujeira é com o aspirador em vez da vassoura ou espanador, que apenas levanta e espalha a poeira. Depois disso, passe um pano úmido, esse pano pode ser umidecido no vinagre branco que além de limpar tira eventuais cheiros, limpe na direção dos veios da madeira, pois a umidade faz a poeira grudar no pano e impede que as partículas de sujeira arranhem a madeira. Em seguida passe um pano seco;

Evite o excesso de lustra-móveis. Além de escurecer a madeira, o uso do produto pode ocasionar a perda da garantia em algumas marcas de móveis;

Para deixar um cheirinho dentro do armário, é possível colocar bolinhas de cerâmica com gotas de essências (de preferência suaves como jasmim e alfazema);

Para retirar a umidade, coloque um saleiro de vidro com tampa de inox e cal virgem dentro. Aposte também em bolinhas de cedro, que absorvem a água e funcionam como repelente natural. Elas não devem ser coloridas nem perfumadas;

segunda-feira, 18 de julho de 2011

Administração Geral: Comunicação

Conceito e Tipos de Comunicação
 A comunicação é o processo de transmissão de informações e o respectivo entendimento do significado pelos envolvidos.
Tipos: Verbal e não-verbal
Verbal: escrita
Não-verbal: inclui o Comportamento Cinésico (movimentos dos corpos); Proxemia    
(influência da proximidade e do espaço); Paralinguagem (forma como alguma coisa é
dita, tom de voz, sonolência); Linguagem de Objeto  (uso de coisas materiais,
vestimenta, maquiagem...).
A comunicação organizacional flui formalmente na direção vertical, horizontal e informal.

As Funções e os Elementos da Comunicação
Funções: Informação, Motivação, Emoção e Controle
Elementos: Transmissor, Codificação, Mensagem, Canal, Decodificação, Receptor e
Ruído
A Eficácia da Comunicação vai se dar por meio do que chamamos de Feedback.

Distorções da Percepção

Estereótipos: Atributos de um grupo que são transferidos ao indivíduo.
Efeito Halo: Formação de opinião pela maneira de vestir, corte de cabelo
Percepção Seletiva: Destacam-se aspectos de pessoas ou situações pelas crenças, ou por um determinado ponto de vista.
Projeção: Quando se designa atributos pessoais a outros indivíduos.

domingo, 17 de julho de 2011

O que fazer com potes de margarina vazios???

Achei mt legal esse site da Qualy, ele ensina a reaproveitar aqueles potinhos que jogamos fora qd a margarina acaba.

De quebra vai uma receitinha que retirei de lá:

Pizza frita.... 

Ingredientes:
  • ½ xícara (chá) de Margarina Qualy Cremosa
  • 2 ovos
  • ½ xícara (chá) de leite frio
  • 1 colher (sopa) de fermento em pó
  • ½ colher (chá) de sal
  • 2 ½ xícaras (chá) de farinha de trigo
Modo de preparo:
  • 1Numa tigela grande, misture a margarina, os ovos, o leite, o fermento em pó, o sal e a farinha. Misture a massa até ficar elástica e, se necessário, adicione mais farinha aos poucos.
  • 2Divida a massa em 10 partes iguais e com cada parte faça bolinhas.
  • 3Numa superfície lisa, polvilhe farinha de trigo e, com a ajuda de um rolo, abra cada bolinha de massa em discos.
  • 4Numa frigideira antiaderente, frite os discos por 4 minutos em fogo baixo. Vire a massa, espalhe um pouco de molho de tomates e cubra com o recheio de sua preferência, tampe e deixe por mais 4 minutos.
  • Para fazer um molho de tomates caseiro: no liquidificador, bata 2 tomates bem maduros, 1 dente de alho, 5 folhas de manjericão e sal a gosto até ficar homogêneo.

sábado, 16 de julho de 2011

Seguindo a linha ... coisas que gosto "muchto": Azeitonas

Isso msm... em amarro em azeitonas - verdes, as pretas gosto não. Lembro de uma vez que meu pai compru um vidro grandão e me deu para ver se eu enjoava pq td vez que ia na geladeira procurar a azeitona eu já tinha comido td o vidro, foi em vão, continuo gostando muito.
Vamos às curiosidades e receitinha:



Na oliveira, surge bem verde, surge bem verde, depois, a casca adquire tons acinzentados e logo vira dourada. Em seguida, torna-se castanha e o próxima passo da metamorfose é ir ficando arroxeada e ir escurecendo até ficar preta. Quanto mais escura, constata-se que mais tempo ela ficou no pé.
Cerca de 25% de sua composição é azeite de oliva, que, como todos os óleos vegetais, não contém colesterol mas é rico em ácidos graxos insaturados, que são benéficos para aumentar os níveis do "bom colesterol" (HDL). Apesar de ser muito benéfica, a azeitona tem essa quantidade de gordura, o que a torna muito calórica. Por isso, nutricionistas recomendam beliscá-la moderadamente como aperitivo e experimentar acrescentá-la aos pratos de carnesmassas e saladas.
Azeitonas de sal são originadas de uma forma de preparar as azeitonas na região do Algarve. Como se sabe, este fruto não é doce, mas utilizado como petisco ou como tempero mas, para ser utilizado, tem primeiro que ser "curtido", ou seja, processado para lhe tirar o sabor amargo que tem quando apanhado da árvore.
Uma das formas de processar a azeitona é deixá-la de molho em água durante vários dias, mas no Algarve existe esta forma de a preparar em que se acrescenta sal de cozinha à água da curtimenta. Para a azeitona não ficar salgada, ela é depois passada por água a ferver, novamente posta de molho e finalmente temperada com ervas aromáticas.
Uma outra forma de consumir o fruto pode ser através de seu processamento em azeite de oliva, processo no qual o fruto passa por uma prensa, dando origem ao sumo, originalmente mediterrâneo.
Azeitonas De'monteco ou Azeitonas suecas, é uma variedade de azeitona azul e roxa, pouco comercializadas por causa da baixa produção e do alto custo, já que exige um clima frio para sua plantação, é apenas encontrado na Europa e na Ásia, utilizado na Pasta Papal e em receitas da culinária asiática.
http://pt.wikipedia.org/wiki/Azeitona



A Azeitona protege contra doenças cardíacas


A presença de radicais livres pode trazer variadas consequências, como é o caso do aparecimento de determinadas doenças. Por exemplo, quando os radicais livres causam a oxidação do colesterol, o colesterol oxidado acumula-se nos vasos sanguíneos, mais especificamente nas artérias, podendo conduzir a um ataque cardíaco ou derrame. Assim, os nutrientes presentes nas azeitonas ao evitar a oxidação do colesterol ajudam a prevenir doenças cardíacas.




Receitinha - Testada

Ingredientes:
- Azeitona: 100 grama(s)
- Azeite de oliva: 2 col.de sopa
- Maionese: 10 col.de sopa

Modo de preparo:
Descaroce as azeitonas (verdes). Junte os demais ingredientes e bata no liquidificador. Sirva com torradas.

sexta-feira, 15 de julho de 2011

Dicas e Receita - Queijo Frescal

Meninas e Meninos, eu tenho paixão por queijos - infelizmente por causa do colesterol alto não deveria comer alguns deles, mt gordurosos - mas eu como o branco/frescal com prazer tb, como minha prima me disse que amanhã me dará um queijinho branco sensacional que ela compra na feira - já provei é bom msm e depois eu posto a ft da "doação" - resolvi dar uma revirada na net em busca de "informações" sobre o tal queijo branco.
Espero que seja util para mts "comadres"....

Queijo brasileiro, sendo produzido nos mais diversos estados, tendo sido iniciada sua fabricação no século XVIII em Minas Gerais, em regiões em que o gado de leite era dominante. Assim o Queijo Minas alimentava os exploradores de ouro nas serras mineiras.
Lave-o com água salmorada: 1 litro de água filtrada para 1 colher de sopa rasa de sal grosso, espere o sal grosso dissolver na água antes de lavar o queijo. 
Se o queijo já estiver com muito sal e ficar salgado demais, dê uma enxaguada com água filtrada sem sal. Faça isso com o queijo após tirá-lo da embalagem e se vc demorar muito a consumi-lo repita o processo. Outra coisa importante: se o queijo for muito fresco, o que os mineiros chamam de queijo verde, vai ficar soltando uma água, que é o soro do leite, essa água não pode ficar em contato com o queijo por muito tempo, se não ele fica rançoso, tem que escorrer bem o soro.

Deixe-o mergulhado em água e sal... vá trocando a água ele se conserva por mais tempo.


 Receitinha - não testei

Ingredientes e utensílios:
5 litros de leite pasteurizado (leite tipo "C" ou "B") ou leite direto da fazenda desde que pasteurizado;
3 ml de cloreto de cálcio;
2 ml do Coagulante Quimase (dissolvido em 3 colheres de água filtrada);
1 termômetro para laticínios;
2 formas para queijo Minas Frescal;
Receita caseira para Queijo Minas Frescal.
Dicas importantes:
Não utilize leite "homogeneizado" ou leite de "caixinha" (leia no rótulo). Este tipo de leite não serve para fabricar queijos.
Se utilizar leite direto da fazenda, é necessário efetuar a pasteurização (leia ao final desta receita como pasteurizar em casa o leite para se fabricar o seu queijo).

Como fazer o Queijo Minas Frescal:
receita queijo minas
Depositar o leite pasteurizado na panela e aquecer até atingir a temperatura de 36ºC (utilize o termômetro para controlar a temperatura).


Desligar a chama e fazer a adição dos ingredientes, distribuindo de forma uniforme sobre o leite e mexendo por 30 segundos para cada adição (o coagulante Quimase deve ser sempre o último ingrediente a ser adicionado).

Após a adição do coagulante, deixar o leite em repouso por um período de 30 a 40 minutos, verificando se ocorreu a formação de uma coalhada lisa, firme e compacta (observe se a mesma começou a se desgrudar da panela; este é um sinal do ponto para se cortar a coalhada). Neste momento o leite apresenta-se na forma de gel, que denominados de "coalhada" ou "coágulo".
receita queijo minas 1Com o auxílio da faca, faça cortes paralelos e cruzados pela extensão da panela, numa distância de uns três centímetros entre um e outro corte.
Após o corte, deixe em repouso por 5 minutos (observe a formação de um soro com tonalidade esverdeada, isto é um bom sinal de que tudo está correndo bem).
Após o repouso, inicie a mexedura, com movimentos circulares e lentos, por toda extensão e profundidade da panela. À medida que a massa vai se firmando, mais soro vai sendo expulso de seu interior e a massa vai ficando mais rígida.
http://www.queijosnobrasil.com.br/receita-queijo-minas-frescal.html



quinta-feira, 14 de julho de 2011

Você sabe o que é LDO? - Estudando AFO

De iniciativa do Executivo, essa lei estabelece as metas e prioridades da administração pública federal a serem observadas na Lei Orçamentária Anual (LOA). É com base na LDO aprovada

pelo Legislativo que a Secretaria de Orçamento Federal elabora a proposta orçamentária para o ano seguinte, em conjunto com os ministérios e as unidades orçamentárias do Legislativo e do Judiciário. Ela também dispõe sobre alterações na legislação tributária e estabelece a política de aplicação das agências financeiras de fomento. A LDO deve ser encaminhada até o dia 15 de abril ao Congresso Nacional, que tem prazo até 30 de junho para aprová-la. Se isso não ocorrer, o Congresso não pode entrar em recesso em julho.
(Definição retirada do glossário legislativo da Câmara dos Deputados).

Você sabe o que é LOA? - Estudando AFO

O orçamento anual visa concretizar os objetivos e metas propostas no PPA, segundo as diretrizes estabelecidas pela LDO.

A proposta da LOA compreende os três tipos distintos de orçamentos da União, a saber:

a) Orçamento Fiscal: compreende os poderes da União, os Fundos, Órgãos, Autarquias, inclusive as especiais e Fundações instituídas e mantidas pela União; abrange, também, as empresas públicas e sociedades de economia mista em que a União, direta ou indiretamente, detenha a maioria do capital social com direito a voto e que recebam desta quaisquer recursos que não sejam provenientes de participação acionária, pagamentos de serviços prestados, transferências para aplicação em programas de financiamento atendendo ao disposto na alínea "c" do inciso I do art. 159 da CF e refinanciamento da dívida externa;

b) Orçamento de Seguridade Social: compreende todos os órgãos e entidades a quem compete executar ações nas áreas de saúde, previdência e assistência social, quer sejam da Administração Direta ou Indireta, bem como os fundos e fundações instituídas e mantidas pelo Poder Público; compreende, ainda, os demais subprojetos ou subatividades, não integrantes do Programa de Trabalho dos Órgãos e Entidades mencionados, mas que se relacionem com as referidas ações, tendo em vista o disposto no art. 194 da CF; e

c) Orçamento de Investimento das Empresas Estatais: previsto no inciso II, parágrafo 5º do art. 165 da CF, abrange as empresas públicas e sociedades de economia mista em que a União, direta ou indiretamente, detenha a maioria do capital social com direito a voto. 

quarta-feira, 13 de julho de 2011

Você sabe o que é PPA? - Estudando AFO

Você sabe o que é PPA (Plano Plurianual)? 
Denis Alcides Rezende * 
O termo PPA ou formalmente Plano Plurianual, que trata da utilização do dinheiro público, será muito citado pelos candidatos a Prefeitos em tempos de eleições municipais. É importante que cada cidadão tenha conhecimento “desse tal PPA”, porque as promessas dos candidatos necessariamente deverão constar nele, com dinheiro destinado para as referidas “soluções” para o município. Sem dinheiro, por mais bem intencionado que seja o governante e sua equipe, é praticamente impossível solucionar, parcial ou totalmente, as emergentes questões municipais, tais como: financeiras, econômicas, políticas, sociais, físico-territoriais, ambientais, de saúde, educação, transporte, de gestão entre outras. 
Essas questões têm desafiado os gestores públicos, requerendo planejamento para equilibrar as necessidades municipais com a efetiva participação dos munícipes que demandam qualidade de vida mais adequada. Diante dessas necessidades e relevâncias, a gestão pública busca competência e efetividade dos seus gestores que devem se atualizar e agir por meio de instrumentos técnicos, modernos e práticos de planejamento e de gestão. 
Vamos entender um pouco o PPA. Ele é exigido pela Constituição Federal (Artigo 165) que estabelece o sistema orçamentário federal regulado por três leis: a Lei do Plano Plurianual (PPA); a Lei de Diretrizes Orçamentária (LDO); e a Lei Orçamentária Anual (LOA). O PPA é de periodicidade quadrienal, avançando um ano no próximo governo. É um instrumento do planejamento que estabelece objetivos, estratégias e ações para as despesas de capital e outras delas decorrentes, bem como, para as despesas relativas aos programas de duração continuada. Dele se derivam a LDO e LOA. 
Enfim, é elaborado para conduzir efetivamente o orçamento e os gastos públicos, para manter o patrimônio público e para elaborar investimentos coerentes com as receitas e despesas municipais. Juntamente com o PPA, o Planejamento Estratégico Municipal e o Plano Diretor (urbano e rural) deveriam ser elaborados, pois são instrumentos de gestão de municípios e de prefeituras de importância inquestionável. Tais planos também são requeridos em obediências às legislações vigentes e também pelas pressões dos munícipes e dos interessados no município (atores sociais). Essas pressões poderiam ser minimizadas com a elaboração desses três planejamentos integrados e implementados de forma participativa nos municípios, propiciando o envolvimento comunitário dos cidadãos com seus anseios, e ainda, descentralizando e compartilhando as decisões dos gestores públicos. A prática do planejamento nos municípios visa corrigir distorções administrativas, facilitar a gestão municipal, alterar condições indesejáveis para a comunidade local, remover empecilhos institucionais e assegurar a viabilização de estratégicas propostas, objetivos a serem atingidos e ações a serem trabalhadas. 
Os três planejamentos deveriam se constituir na base para o plano de governo de candidatos a Prefeitos. Nesse caso, definitivamente um plano de governo focado nas intenções individuais ou de grupos de pessoas para apenas 4 anos, não contempla todas as necessidades de um município. 
Para não me alongar nas questões técnicas, planejar e cuidar do dinheiro público são deveres dos governantes e um dos direitos do cidadão. Mas também é um dever do cidadão entender e acompanhar essa atividade cívica, não somente reclamar. 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...